Enquanto isso lá no Oriente …

Pois bem, você que tá acostumado a admirar as lindas fotos de comidas poéticas aqui nesse blog, se prepare. O post de hoje vai mostrar algumas iguarias orientais não tão comuns para esses nossos estômagos do Ocidente. Lá vão alguns quitutes vendidos nas feiras de rua lá no oriente:

  Aranha Frita : hmmm, que tal uma arainha frita no espetinho?  Lá no Comboja é muito comum você ver pessoas comprando nos mercados ao ar livre esse aperitivo aí. Não é só no Comboja que o povo come aranha frita não. O bicho também é consumido em diversos lugares da América do Sul, Austrália e África. Nesses casos, o tipo de aranha escolhido é a caranguejeira. Apesar do aspecto peludo e tudo mais, a aranha não é venenosa e seu abdômen é o mais desejado já que é nessa área que possui mais carne.

 

 
  Alevinos vivos: Ok, nem precisa comentar, né? A foto que mostra como é a aparência e a ênfase no VIVO já diz tudo né? O prato é popular na China.

 

 

 

 

 
 Escorpião frito: quando você for comer a tal aranha frita, bora experimentar os tais escorpiões fritos. Também vendidos no espetinho (aparentemente você não consegue comer só um), é muito popular para os estômagos dos chineses. Por ser um bicho venenoso, os orientais escolhem o escorpião preto ( menos venenoso do que o escorpião marrom) e fazem uma preparação pré-fritura para neutralizar o veneno que existe dentro dele. O bicho é cozido em altas temperaturas até ficar no ponto para ser frito.

 

 

 

  Feto de pato: Tá, nem tem muito o que dizer sobre isso né ? Exceto que é muito popular na China, Camboja e Filipinas.

 

 

 

 

 
  Larvas de escaravelho: hmmmmm, quem aqui lembrou do “Hatuna Matata”, do Rei Leão, quando o Timão e o Puma vão mostrar ao Simba as iguarias florestais que existe para ele se deliciar? Pois, eu lembrei! Quando eu era criança eu achava aquelas larvinhas azuis do desenho até que apetitosas mas essas aqui não muito. Elas parecem ser bem recheadas. Ok, vamos parar de imaginar e encerrar o assunto dizendo que elas são consumidas pelo povo da Tailândia.

 

 

 

  Lagarto Seco: Sinceramente, o prato não parece muito delicioso mas o tal do lagarto seco satisfaz vários estômagos lá da Tailândia. Well, cada um gosta do que gosta, né?

 

 

 

 

  Olho de atum: Primeiro, olha que gigante esse olho. Segundo, ele parece ser bem gelatinoso né? Imagine só a sensação de engolir o órgão. Melhor não imaginar né? O tal olho de atum é vendido lá na China e no Japão.

 

 

 

 

 

Para encerrar esse post ficam aí duas fotos de outros pratos peculiares do oriente. O primeiro é o festival de insetos fritos (imagine os vários crunch crunch que não deve dar em sua boca)  e outro, é ratazana (sim, ratazanas!) vendidas nas feiras nas ruas de Pequim.

    

Os piores bolos do mundo!

Se você acha que os seus bolos saem feios e fica com vergonha de colocar pro povo comer, vai ficar feliz de ver esse site!

O nome dele é Cake Wrecks (wrecks, pra quem não sabe, significa destroços… só pra ter uma ideia) e mostra os bolos mais feios feitos por gente que deveria saber fazer coisas bonitas!

Quer dizer, não são bolos queimados ou murchos, mas bolos prontos, que “deram certo”, mas que saíram uma coisa super repulsiva.

Dá uma olhada nos desastres e nunca mais fique tão triste quando o seu bolo parecer um alien, afinal, pode ter coisa pior: