Quem descobriu o queijo?

Ok, todo mundo já deve estar cansado de chocolate (eu sei, eu sei, sempre tem um chocólatra viciadão que não cansa). Mas enfim, nós já cansamos de falar sobre isso aqui e vamos pular para o próximo assunto, que é… queijo! Sim, isso porque nossa próxima receita será um delicioso pão de queijo! Já podem se candidatar a cobaias, porque não vai sobrar pra todo mundo!

Mas vamos direto ao ponto. De onde surgiu o queijo? Quem foi a feliz pessoa que descobriu que aquele leite estragado e pastoso, com cheiro de chulé podia ser comestível? Na verdade, como é o caso de muitos outros alimentos, a origem do queijo é incerta. Sabe-se que já no princípio da história da humanidade, as pessoas domesticavam animais e tinham lá os seus rebanhos. Quando viajavam, os primeiros homens levavam o leite, então perceberam que com a movimentação que ele sofria durante o transporte, acabava se formando uma pasta mais sólida – o queijo.

Depois, a produção começou a se especializar e foi só na Idade Média que o queijo começou a ser feito com uma higiene bem mais rigorosa. Foi nessa época, também, que começaram a surgir as especialidades, e hoje são conhecidas mais de 400 espécies! E você já achava difícil diferenciar queijo muçarela (sim, é assim que se escreve) do queijo prato!

Anúncios