Queijo brasileiro

Continuando nossa semana emocionada sobre o queijo, o “we can cook it” deu uma vasculhada na internet e descobriu algumas coisas super curiosas. Dá uma olhada:

Número 1: Queijo Catupiry é brasileiro
Sim! É brasileiro. Eu também fiz essa cara de espanto como você está fazendo agora quando eu descobri. Esse tipo de queijo foi criado no Brasil, pelos imigrantes italianos Mário Silvestrini e sua esposa Isaíra. Para ser mais específica, em uma estância hidromineral de Lambari, em Minas Gerais, no ano de 1911. Após a produção do queijo, eles deram o nome de “catupiry” que em tupi guarani quer dizer: excelente.

Número 2: Bactérias & Suíço
Todos sabem como é o queijo suíço, certo? Aquele queijo cheio de buraquinhos, tipicamente apresentado nos desenhos animados e que tem um cheiro bem peculiar. Pois bem, vocês sabem como o queijo fica com esse formato? Por causa das bactérias que são usadas em sua produção. Os “buracos” são porque essas mesmas bactérias expelem gases que se dilatam e formam as bolhas de ar que se transformam nos furinhos. E pelo mesmo motivo, o queijo possui aquele odor que dá de saber de olho fechado que tipo de queijo que é.

Número 3: Oui, oui, fromage!
Os franceses produzem mais de 400 tipos de queijo. E é de lá que vem o “queijo mofado”, mais conhecido como Roquefort.

Número 4: Mofo verde delicioso
Como falado ali em cima, o queijo Roquefort é aquele queijo branco com mofo verde que é super caro. Pois, esse queijo aí que tem um cheiro bem único, faz muita gente ficar no mínimo ressabiada sobre a origem verde que compõe o produto. O mofo não faz mal e de acordo com os franceses faz maravilhas pra saúde. Principalmente ajuda a amenizar a dor de garganta.

Número 5: Queijo milenar
Ninguém sabe exatamente como o queijo foi descoberto porém dizem por aí que a história de sua origem tem aproximadamente seis mil anos.

Chocolate curioso

Continuando a nossa semana especial sobre chocolates, hoje vamos  falar sobre algumas curiosidades bem curiosas.

1 – O chocolate pode matar um cachorro
Sim! Se o seu cachorrinho comer algum pedaço de chocolate ele provavelmente passará muito mal e em muitas casos, morrerá. Isso ocorre porque o chocolate possui um ingrediente chamado teobromina que é tóxico ao sistema nervoso central e aos músculos cardíacos do animal

2 – Chocolate é igual a felicidade
Alegria, alegria. Sabe aquela sensação de quase maravilhamento quando comemos um chocolate? Pois então, isso acontece porque ele estimula a produção de hormônios na área das emoções semelhantes aos que são liberados quando estamos apaixonados. Essa mesma produção ajuda a combater a depressão, hipertensão, tumores e sim, garotas, até o estresse da TPM.

3 – Menos envelhecimento
A massa do cacau possui mais antioxidante que qualquer fruta. Isso ajuda a combater os sinais da idade.

4 – Sim, comi cinco quilos e daí?
Acredite! De acordo com pesquisas, uma pessoa consome por ano 5 quilos de chocolate. CINCO! Agora dá de entender de onde vêm os quilinhos a mais.

5 – A city of chocolate
Até hoje a maior maquete de chocolate construída foi da cidade olímpica de Barcelona, no ano de 1985. Ela pesava duas toneladas e tinha dez metros de comprimento.